ZLX-9000

O ZLX-9000 é um equipamento que utiliza a tecnologia dos processadores Intel, tendo assim múltiplos microprocessadores que garantem uma resposta rápida nas diversas funcionalidades disponíveis no equipamento. Ele é capaz de controlar até quatro braços de carregamento, sendo que cada braço tem suas próprias parametrizações, tais como tipo decarregamento, alarmes, receitas, etc. É como se fossem quatro computadores de vazão dentro de apenas um equipamento.

APLICAÇÕES

O equipamento foi projetado para controlar carregamento de hidrocarbonetos líquidos em caminhões tanque, vagões de trem e outros tipos de vasos enchidos através de bateladas para transporte ou armazenamento. Controlar o descarregamento em tanques de armazenamento, e em conjunto com um vaso desaerador, realizar todo o descarregamento de forma automática é mais uma das possíveis utilizações.

CARACTERÍSTICAS

O hardware do ZLX-9000 aceita até quatro trens de medição que podem ser parametrizados para atender os diversos tipos de carregamento relacionados na tabela abaixo.

Braço 1 Braço 2 Braço 3 Braço 4
I ou S ou D I ou S ou D I ou S ou D I ou S ou D
M2 I ou S ou D I ou S ou D
M2 M2
M3 I ou S ou D
M4

I = Carregamento de um produto
S = Mistura sequencial de até quatro produtos
D = Descarregamento de um produto
M‘x’ = Mistura de proporção de ‘x’ produtos

Os modelos ZLX-9000S e ZLX-9000SX possuem o mesmo hardware e as mesmas funcionalidades, tendo como diferença a quantidade de carregamentos simultâneos. O modelo ZLX-9000S permite apenas um carregamento por vez. Já o modelo ZLX-9000SX permite que sejam realizados até dois carregamentos simultâneos.

RECURSOS

» Até quatro braços de carregamento, sendo que cada braço pode ser configurado como carregamento de um produto, mistura sequencial, descarregamento ou mistura de proporção.
» Até trinta receitas.
» Todos os cálculos de medição são realizados com pontos flutuantes de 64-Bits (double).
» Operação automática controlada através de um terminal de automação utilizando uma das portas de comunicação, ou operação manual.
» Linearização do fator K em até cinco pontos de vazão.
» Porta de comunicação RS-485 com protocolo Modbus RTU.
» Porta de comunicação ETHERNET com protocolo Modbus TCP (Opcional).
» Porta USB para atualização de firmware.
» Mapa de comunicação Modbus parametrizável.
» Arquivamento parametrizável podendo armazenar mais de 10.000 carregamentos.
» Arquivamento de 50.000 alarmes e 50.000 eventos.
» Display gráfico de 240×64 pixels, facilitando a operação de forma rápida e dinâmica.
» Gráfico de barras dos produtos entregues, facilitando a visualização da homogenização da mistura.
» Circuito que monitora a energia que alimenta o sistema, e em caso de queda de energia todo o estado do sistema é armazenado em memória não volátil para posterior restabelecimento na
volta da energia.
» Cartão de memória destacável para armazenamento das parametrizações e fácil portabilidade para outro equipamento.
» Compensação automática de temperatura.
» Equipamento certificado para área classificada Exd IIB.
» Oito circuitos de segurança para monitoramento de funções críticas, como monitor de aterramento e sensor de transbordo.
» Calibração das entradas analógicas.
» Diagnóstco das entradas e saídas.
» Cartões de entradas e saídas de sinais destacáveis com isolação para proteção do rack central.
» Rack central para cinco cartões de entradas e saídas.
» Até quatro entradas de pulsos 12/24 Vcc.
» Até quatro entradas analógicas 4~20mA@24 Vcc.
» Oito entradas digitais 110/220 Vca.
» Até doze saídas digitais 110/220 Vca com um circuito de segurança a cada três saídas.

HARDWARE

1. Rack central para cinco cartões de entrada e saídas, sendo os slots 1 e 2 para entradas de pulso e analógicas, slot 3 para entradas digitais e slots 4 e 5 para saídas digitais.
2. Cartão com duas entradas de pulsos e duas entradas analógicas 4~20mA@24 Vcc.
3. Cartão com oito entradas digitais 110/220 Vca.
4. Cartão com seis saídas digitais 110/220 Vca
5. Placa para controle do display gráfico e teclado com vinte teclas.

DOWNLOAD